Dica de Filme: Paulo, Apóstolo de Cristo

Dica de Filme: Paulo, Apóstolo de Cristo

Sinopse: Paulo (James Faulkner) é conhecido como um dos perseguidores de cristãos mais cruel de seu tempo. Mas, tudo muda quando ele tem um encontro com o próprio Jesus e, a partir desse momento, o jovem se torna um dos apóstolos mais influentes do cristianismo.

O filme relata fielmente os últimos dias da vida de São Paulo em prisão e as visitas do evangelista São Lucas (Jim Caviezel), que arrisca a vida para poder escrever o livro “Atos dos Apóstolos”.

Os bispos do Brasil tiveram uma pré-estreia exclusiva do filme “Paulo, Apóstolo de Cristo”, que traz o ator católico Jim Caviezel no elenco, realizada no auditório da TV Aparecida  e recomendaram o longa para cristãos e também os que não creem, mas acreditam que a vida pode ser entregue por um ideal nobre.

Segundo o Portal A12 de notícias do Santuário Nacional, Dom João Santos Cardoso, bispo da diocese de Bom Jesus da Lapa (BA), classificou o filme como “fantástico” e se disse muito grato pela oportunidade.

“Eu considerei que o filme fez uma interpretação dos escritos paulinos e também de fatos narrados pelos Atos dos Apóstolos. Ele retrata a prisão, num ambiente sombrio e vários outros momentos sombrios que mostram o contexto difícil numa época em que os cristãos eram trucidados, porém testemunhavam a fé e o amor. Depois, num ambiente de luz do filme, são os momentos de saída, que é Cristo”, afirmou o bispo ao portal A12.

Para Dom Eduardo Pinheiro, bispo de Jaboticabal (SP), este “é um filme que não só os cristãos, mas todas as pessoas que têm uma noção do que significa entregar a própria vida por um ideal vão se sentir tocadas”.

“A vida de São Paulo toca a vida de cada um de nós. Diante dos sofrimentos dele e dos outros, num mundo em que quer mostrar a vida no imediato, esse filme acaba provocando em nós um pensamento naquilo também que vem depois da vida”, disse em entrevista ao site oficial do maior Santuário mariano do mundo.

“Eu acho que vale para cristãos, padres, bispos, ateus, agnósticos, porque o filme não descarta nenhuma pessoa, todas elas reagem segundo aquilo que acreditam. Seja o imperador, sejam os soldados a serviço do império, como os próprios cristãos que perderam suas casas, mas que conseguem descobrir o valor da vida com o testemunho de Paulo”, comentou Dom Giuliano Frigeni, da diocese de Parintins (AM).

O filme já está em cartaz nos cinemas do Brasil, dirigido por Andrew Hyatt e produzido pela Sony Pictures. Ele tem como protagonistas os atores Jim Caviezel (que interpretou Jesus no filme A Paixão de Cristo) e James Faulkner (que atuou na série Game of Thrones da HBO).

Deixe um comentário