A Acolhida vai muito além do que dar um bom dia ou um bem vindo. É aceitar a pessoa do jeito que ela é para introduzi-la no convívio da comunidade para ela perceber que é tratada como pessoa humana. Isso não se dá por se considerar o que a pessoa tem, faz ou se mostra com potencial de ajuda à comunidade, embora possa apresentar tudo isso. Acolher é considerar a pessoa como ser humano respeitado e promovido em sua dignidade. Para isso, é preciso dar-lhe vez e permitir-lhe ter um lugar, dentro do possível de sua realidade, para ser e se sentir amada e aceita como pessoa.

A Pastoral da Acolhida é um meio forte da ação missionária, que leva o acolhedor a perceber sua nobre missão de exercer o papel de imitador de Cristo. Ele ajuda a chama ainda fumegante a dar luz e calor, na dinâmica de se sentir aceita e promovida em seu ser com seu potencial e sua história.

- Reuniões: No Centro Pastoral.

- Coordenação 2017/2018: Dona Socorro

- Membros: